Atlas Andreatta

Atlas Andreatta

R$ 115,00
. Comprar  
Nestes últimos anos, Verena Andreatta vem estudando os modelos, métodos e instrumentos aplicados ao projeto urbano da sua cidade, o que resultou numa fecunda tarefa recolhida, em parte, no seu extraordinário texto "Cidades Quadradas. Paraísos Circulares. Os planos urbanísticos do Rio de Janeiro no século XIX" (Rio Books 2019).
O seu trabalho se enquadra em um conjunto de pesquisas recentes do nosso Departamento e de algumas Universidades latino-americanas, intensificando a circulação de ideias e de modelos urbanísticos entre Europa e América. Sua primeira e, a meu ver, a mais importante contribuição foi a de colocar em questão uma interpretação longamente alimentada e, escassamente debatida, acerca do peso das referências urbanísticas elaboradas na velha Europa, na construção das principais cidades latino-americanas.
Agora, nesta nova obra, Verena complementa seu livro anterior apresentando-nos a cartografia detalhada, não apenas dos planos citados, mas também do Plano Pereira Passos, de 1903-1906, num plano de obra que pretende estender futuramente esse registro aos outros sete planos desenvolvidos para a cidade no século XX.
Esse mapeamento histórico dos 10 planos elaborados para a cidade - a maioria deles executada apenas em parte -, apresenta um interessante painel ilustrado da evolução urbana do Rio de Janeiro - real e, sobretudo, imaginária -, de essencial importância para a compreensão do processo diacrônico e dialético que estrutura a conformação de nossas cidades: ideias que geram planos, que geram obras, que geram obras, que geram novas ideias... num espiral infinita em direção os céus ou, quiçá, ao paraíso.
• Prazo para postagem:
Veja também